3 luglio 2016

Congregação das Filhas de São Camilo: 70 anos de PRESENÇA no Brasil

A Congregação das Filhas de São Camilo chegou ao Brasil por intermédio dos Padres Camilianos da Província Brasileira, a fim de colaborar com eles no ministério junto aos enfermos.
Pe. Domingos Gava e Pe. Innocente Radrizzani, participaram diretamente do processo de implantação da Congregação das Filhas de São Camilo no Brasil.

Pe. Domingos Gava, então Pároco da Paróquia N. Senhora do Rosário, do Pompeia, preparou um grupo de jovens vocacionadas e as enviou para a Província da Argentina, mediante autorização da Madre Geral, Irmã Giovanna Pedon, das Filhas de São Camilo, e da Superiora Provincial da Argentina, Irmã Amélia Delois, que abriu as portas do noviciado com entusiasmo e prontificou-se em receber as vocacionadas do Brasil para a devida formação.
Os padres camilianos aguardavam a vindas de religiosas da Itália para uma fundação no Brasil, porém esse projeto se tornou inviável por causa da IIª Guerra Mundial.
Assim, no dia 1 de setembro de 1943, com a aprovação e benção das autoridades eclesiásticas de São Paulo, partia de trem de ferro, o primeiro grupo de brasileiras formado por: Ana Affonso, Aída Uliana, Aurélia Combinato Mafalda Croce e Adélia Covre. Foram acompanhadas até Uruguaiana pelo Padre Domingos Gava. Cruzaram o Rio Uruguai de barco, e na partida Cantavam o Hino de São Camilo, comovendo os outros tripulantes com suas lágrimas e, acenavam para a figura do sacerdote que se distanciava cada vez mais das margens do rio, acenando com um lenço branco e abençoando-as.
A viagem durou 11 dias. E em 11 de setembro de 1943, enfim chegaram a Buenos Aires. Na estação foram recebidas pela Superiora das Filhas de São Camilo, Irmã Cleofa, a mestra das noviças, Irmã Eugênia Frey e o Padre Gaspar Cañada, Provincial dos Padres Camilianos da Argentina.
No dia 19 de setembro de 1943, as jovens brasileiras deram inicio ao noviciado e de acordo com o cerimonial da época receberam os nomes de: Irmã Maria Camila (Ana Affonso), Irmã Maria Cecília (Aída Uliana), Imã Josefina (Mafalda Croce) e Irmã Maria Luíza (Adélia Covre).
No dia 29 de setembro de 1945 emitiram os Votos Religiosos. Após a profissão foram enviadas a Molinari e Hospital Duran em Buenos Aires para um tirocínio apostólico e complementação religiosa.
No dia 11 de junho de 1946, embarcaram para o Brasil. Antes da partida, a Superiora Provincial Irmã Amélia Delois nomeou e deu posse como Superiora da primeira comunidade no Brasil, Irmã Samuela Di Peppi, religiosa italiana, natural de Bucchianico, que se encontrava na Argentina e era enviada agora como Superiora da fundação brasileira. 
Chegaram no Brasil no dia 15 de julho. Foram recebidas na estação pelos Padres Camilianos, familiares, amigos, uma comissão da força pública de São Paulo, O Coronel Presidente e os administradores do Hospital da Cruz Azul, situado à Rua Lins de Vasconcelos, 356, no bairro Cambuci em São Paulo. No local as primeiras irmãs brasileiras começaram a realizar seus trabalhos em prol dos doentes.
Com alegria louvamos e agrademos a Deus pelas pioneiras de nossa Fundação no Brasil: Ir. Camila, Ir.Cecília, Ir.Luiza Ir. Josefina e Ir. Samuela, que lá do céu intercedam pelo incremento da Província brasileira, enquanto nós pedimos a Deus que conceda a cada uma delas o descanso e a luz eterna.

Preside esta nossa Celebração de Ação de Graças pelos nossos 70 anos de PRESENÇA no Brasil, Pe. Mateus Locatelli, Padre Camiliano.


Nessun commento:

Posta un commento